Blog

Um outro olhar: "SóFridas"!

30/07/2015

Bom dia, tarde, noite, trippers!

 

É um sentimento muito positivo quando nos deparamos com olhares vindo de outras áreas. Diante de todo o processo do fazer teatral, amar o que fazemos e fazer pessoas felizes através disso é o que nos move. Despertar a consciência, transformar sentimentos, viver o encontro. Estar ali disponível para sermos felizes juntos, sem pretensão de medir até onde tudo isso chega, a vida, nos dá alguns retornos. Linhares & Amarante Advocacia, muito obrigado pelo retorno de vocês!

 

Linhares & Amarante Advocacia

 

TEATRO E DIREITO - Que relação existe entre a arte da cena ao vivo e a ciência do justo? Considerando que a figura feminina e suas decisões ao longo de sua trajetória desde a infância, passando pela educação que recebeu, vivendo a adolescência e chegando a fase de decisões sobre casar-se ou não, dedicar-se à carreira exclusivamente ou não, buscar o equilíbrio entre os anseios de sua condição de mulher e seus sonhos profissionais influencia no núcleo familiar, base da sociedade, o teatro e o direito tem tudo a ver. Se dúvidas existiam, ontem a presentação do Espetáculo "SÓFRIDAS" da consagrada Companhia Teatral Trip Teatro em Rio do Sul, as expurgou. Através de objetos extraídos de um dos maiores símbolos do Universo Feminino, a bolsa, as fantásticas atrizes Tati Danna e Thyara Nascimento vivenciam os anseios, dores e amores de mulheres com vários perfis e histórias. Mais do que isso em vários momentos era possível sentir o significado jurídico de suas escolhas e as travessias entre o mundo de regras e leis a cumprir no papel de mãe, esposa, profissional, menina, ser maduro, ser sonhador, ser feminino e a realidade da vida. No entanto, não há a menor possibilidade de se expressar aqui a grandiosidade da obra dirigida por Sandra Vargas e muito menos a contribuição desta e do belo trabalho de interpretação engraçado, dramatizado, sofrido e "só fridas" para uma sociedade que ora enfrenta nos Tribunais os desafios que atendem pelos nomes de : dano moral por estelionato afetivo, dano moral por quebra do dever de fidelidade, dano moral pela adoção recuada, por sentimentos oriundos da vivência e ruptura em família. O que se pode dizer: Parabéns Trip Teatro, Parabéns talentosíssimas atrizes, Diretora e Willian Sieverdt (que lá estava a receber as pessoas e acomodar o público para quem o espaço ficou pequeno) pelo imperdível ESPETÁCULO que deveria ser visto pelo maior número de homens e mulheres (idade recomendada acima de 14 anos) possível.

 

Aproveitamos para agradecer todos os sinais e retornos, positivos e reflexivos, e também aqueles que ainda estão por vir. Agradecemos as pessoas que nos pontuaram tudo que precisávamos melhorar, aquelas que levantaram suas questões, nos fizeram pensar, e ir transformando este espetáculo, que acabou de nascer e tem todo um caminho pela frente. Um espetáculo nunca está pronto, ele se transforma a medida que vivenciamos e permitimos que ele também nos faça crescer. Obrigado por todos que acompanham nosso trabalho! É uma felicidade muito grande partilhar nosso trabalho com vocês!

 

Seguimos!

Please reload